23 fevereiro 2011

"Corpo, meu velho companheiro, nós pereceremos juntos.
Como não te amar, forma a quem me assemelho,
se é nos teus braços que abarco o universo."

Marguerite Yourcenar

E sem perecer por enquanto, esta forma que me embala, este corpo que eu anseio
é permeio, é abraço, é mais que o mundo que vejo

Milhita

1 comentário:

Isabel disse...

Milhita, menina mal comportada...

Estava em falta para te/vos dizer: Parabéns. Que a vida "de e para" ambas seja um eterno abraço e que o mundo em voz seja sempre cheio de "luz"...

Abraço forte...