13 julho 2010

Mescla de sentidos... Misturo uma lágrima e um sorriso, uma luz clara dentro de mim, e esta névoa companheira, dou um passo, de mansinho, será que ainda creio, que ainda sonho?
Abro as mãos, ainda secas e rogo, e peço, que o acaso seja oferenda, que  o caos seja ordem e desordem ao mesmo tempo, que seja assim uma madrugada, um bater de asas renovadas, uma brisa fresca num fim de tarde, uma gota de agua, uma onda calma.
Abro as mãos, apenas...

3 comentários:

marta marques disse...

OBRIGADO MINHA AMIGA GRANDE....ENORME...GIGANTE...

QUE BOM EXISTIRES....QUE DELICIA TER-TE NA MINHA VIDA

ADORO-TE

Angel in the dark disse...

Um abrilhantes mescla de sentires! (e não são precisas muitas palavras)

Beijocas
Angel

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo texto.
As nossas mãos por vezes estão cheias de nada.
Gostei muito.

Beijinhos
Sonhadora