07 abril 2010

Encontrei!

Encontrei o meu amigo e o novo amigo, estavam juntos, sujos, longe, desorientados e cansados.
Andei tanto estes dias, falei com tanta gente, resultou, encontrei-os...
Estou tão contente!
Sei que não são todos os que entendem, mas este amigo vale tudo para mim, é o meu companheiro de sempre.
Tanta porcaria que perdeu o sentido nestes dias, eu só queria encontrá-lo e ao novo amigo.
Estão aqui encostados a mim, e eu estou feliz.

7 comentários:

Luz disse...

Amiga da alma,
Como me deixaste feliz com esta notícia, neste momento a minha tristeza, a minha dor coloquei-a de lado porque tu e, o teu companheiro com o seu amigo estão bem e, de novo contigo. Imagino que sabes tão bem como eles nos conseguem compreender, só o seu olhar quando cruza com o nosso sabe ler os nossos pensamentos...

Abraço forte apertado desta tua amiga daqui de dentro pleno de Luz

Leonardo B. disse...

[também o ouro repousa nas águas barrentas do rio, e a sua margem, por vezes nem se apercebe]

um imenso abraço, Milhita

Leonardo B.

Olga disse...

Percebo sim!! E tenha pena de quem ñ percebe...

Sonhadoremfulltime disse...

Amiga,
que te disse eu ontem?
Acertei. Fiquei radiante e feliz por ti.
É que eu entendo... tenho o meu amigo à 12 anos.
O meu verdadeiro amigo.

Beijo

Menina do cantinho disse...

Eu compreendo e fico muito feliz por si.
Ele precisa agora de voltar a sentir o carinho que tem para lhe dar e que nunca se esgota.

Beijinhos

manuela baptista disse...

está a ver? uma Fézada dá sempre jeito...

agora tem dois amigos!

um abraço

Manuela

Manuel disse...

Que bom esse reencontro e é difícil saber qual estará mais feliz.