07 maio 2010

As palavras não me saem da cabeça, vou apelando a uma razão que nem me interessa. Como é que aquela mulher sabia de mim? E este súbito descompasso de tempo, esta calma que me vem visitando. Como é que ela sabia tanto? 

2 comentários:

Ana disse...

Ainda bem que a calma vem batendo à porta...
Para q interessa a razão e os pq?

Ana disse...

Ah, esqueci de deixar um abraço.