20 fevereiro 2010

Hopper

Saboreio os ensinamentos que a Terra zangada me sopra ao ouvido
Ouço-me, nascente, poente, capaz..
Bebo a ordem, fascinada, transbordam de sinais os elementos.
Mar revolto, terra irada, fogo solto, morte, madrugada.
Sinto o meu corpo disforme do contorno da minha alma.
Sou pequena, estou comigo!

1 comentário:

Leonardo B. disse...

[nunca pequena quem traz em si os quatro elementos, com todos sentidos, cinco, seis, ou mil; tanto dá!]

um imenso abraço, Milhita

Leonardo B.