07 fevereiro 2010

Saudade

Ela entrava, meia sorrateira, punha as mãos nas ancas, firmava as bochechas rosadas e dizia:

"Tão aqui, tão a levar com um pano encharcado nas ventas!..."

E nós nem piavamos...

3 comentários:

Manuel disse...

Tem algo que não consigo descortinar, logo não devo comentar.

Sonhadora disse...

Minha querida
Passei para deixar um beijinho de boa noite.

Sonhadora

Sonhadoremfulltime disse...

Olá,
“E viveram felizes para sempre?”
Um texto que nasceu de uma simples conversa presenciada no comboio.
Quero partilhá-lo com todos porque me parece uma reflexão que proporciona a discussão e o reparte de opiniões.
No entanto lanço um pequeno desafio a todos os que queiram participar.
Os detalhes encontram-se no http://sonhoemmim.blogspot.com/

Beijos