10 janeiro 2009

Parabens pai!

Parabens pai!!


Hoje, depois de um almoço junto ao mar... num dos sitios lindos que sempre encontras, com o teu dom de descobridor, senti uma nostalgia, senti-me a mesma menina com quem passeavas e mostravas o mundo, tal como o vias e mais tarde, eu própria o veria com os meus, já cheios da magia que me ofereceste.
Senti a verdade da vida presente na qual retenho memorias passadas e desenhadas por ti, para eu crescer.
Distante das regras impostas, das condutas prescritas, dos caminhos ja traçados, iluminavas o meu, sonhador de horizontes cada vez mais destemidos.
Es um pai grande
Es o meu pai!